domingo, 27 de outubro de 2013

NOVO IMPULSO DO MOVIMENTO LITERÁRIO INDEPENDENTE NA CIDADE DE DEUS

TEMPORAIS

Primeira Produção e Publicação Independente de um Livro de Poemas na CDD.

Novembro de 2010, apresentação do livro de poemas TEMPORAIS, junto com o projeto CIRCUITO N DE PRODUÇÃO LITERÁRIA, ambos,  autoria de Wellington França que assina com o pseudônimo, Wellington Guaranny.
TEMPORAIS reúne poemas escritos pelo autor desde 1978. Os textos são uma reflexão sobre suas experiências de vida desde a infância até a maturidade. A maior parte no bairro da zona oeste do Rio de Janeiro, Cidade de Deus.
O evento de apresentação, um sarau de música, poesia e performances acontece na Paróquia Cristo Rei da Igreja Episcopal Anglicana.


SARAU POESIA DE ESQUINA Parte I


O livro de poemas TEMPORAIS, seu conteúdo, o projeto Circuito  N de Produção Literária  e o evento de apresentação  influenciam e motivam seu realizador em parceria com a estudante de Ciências Sociais – PUC RJ e repórter do PARCEIROS DO RJ (GLOBO) Viviane de Sales,  idealizarem e produzirem o SARAU POESIA DE ESQUINA em novembro de 2011.
Assim, até agosto de 2012, o sarau se fez todos os meses sempre numa terça ou quinta no TICKOS BAR & KARAOKE no nº 1 da Rua Carmelo esquina com a Edgard Werneck.

Setembro na quadra do GRES Acadêmicos da Cidade de Deus.

Outubro na Praça do Garimpeiro com apoio da Birosca de lanches de Dona Ana.

Em novembro celebra seu níver de um ano no Morro dos Prazeres em Santa Tereza por ocasião do lançamento da FLUP PENSA. 

ORIGEM DO NOME.

O local do sarau no inicio de sua carreira era num bar localizado na esquina de duas ruas importantes da comunidade.

SARAU POESIA DE ESQUINA Parte II

Dezembro de 2012 e Janeiro de 2013 fica suspenso para descanso e balanço sendo reavaliado e re lançado em um novo local de forma permanente até hoje: BAR E LANCHONETE TOM ZÉ, quase esquina da Estrada Mal Salazar Mendes de Moraes com a Rua Edgar Cavaleiro (inicio da rua da feira de domingo).



FANZINE PALAVRA SOLTA

O zine PALAVRA SOLTA, idealizado pela estudante Viviane de Sales  na sua primeira versão chamava-se PENSAMENTO LIVRE.
Edição mensal e pequena tiragem, "boneca" montada com recortes datilografados de poemas, capa e anotações em manuscrito, e reproduzida em máquinas xerográficas com apoio de um bazar local.
Lançado em setembro de 2011, passou a ser uma importante mídia de divulgação do Sarau Poesia de Esquina, reunindo textos dos frequentadores do evento e distribuído indiscriminadamente entre ruas e vielas da comunidade local.

Nas edições posteriores foram aperfeiçoados processos de produção (diagramação e editoração). 

Recebe uma ajuda financeira da ong ASVI - Associação Semente da Vida.

Poetas publicados na primeira edição: Eddyr o Guerreiro, Wellington Guaranny, Rosalina, Carolina Meirelles e Cristiano Maciel.



O POESIA DE ESQUINA passa a ser um dos mais importantes movimentos da cena literária carioca.

Nos seus dois anos de vida, mobiliza pessoas para escrever, ler e falar poesia, tanto no seu sarau como em outros que acontecem entre Rio de Janeiro e São Paulo. Recebe escritores, escritoras, profissionais e militantes da poesia, da musica, das artes plasticas e do cinema. Nomes de expressão regional e nacional. Torna-se noticia em jornais e TV.
Presença marcante também nas redes sociais e alguma repercussão internacional. 

POESIA DE ESQUINA NA FLUP PENSA.

Entre os pioneiros do Poesia de Esquina, Wellington Guaranny, Viviane de Sales, Rosalina Brito e Julio Pecly participam do reality literário FLUP PENSA na sua primeira edição (2012) e chegam na final com seus textos publicados no livro FLUP PENSA 43 novos autores. 

http://flupppensa.wordpress.com/2012/05/10/perdemos-um-dia-e-ganhamos-uma-vida/

CIRCULANDO TERRITÓRIOS E DECLAMANDO POEMAS EM OUTROS SARAUS

Saraus frequentados no período:

  • CACHACHARAU DE ACARI
  • LABIRINTO POÉTICO
  • SARAU PET DA PUC
  • BIBLIOTECA PARCK DA ROCINHA
  • CONVIDADO POR SERGIO VAZ NO MUSEU DO MEIO AMBIENTE
  • SARAU DO JOÃO CORUJÃO
  • CAMPINHO SHOW NO VIDIGAL
  • CENTRO CULTURAL DONANA- PÓ DE POESIA
  • FLUP PENSA - COMUNIDADE DOS PRAZERES
  • UMA NOITE NA TAVERNA - SESC DE SÃO GONÇALO
  • SARAU AMEOPOEMA NO BECO DOS BARBEIROS - CENTRO DO RIO
  • COOPERIFA - SÃO PAULO
  • SARAUVA NO LARGO DA PEDRA DO SAL - PRAÇA MAUA
  • FORA DE ÁREA - SESC TIJUCA RIO
  • APA FUNK 
SARAU UMA NOITE NA TAVERNA
MAIS POESIA DE ESQUINA MAIS
FLUPPENSA

Estava tão embevecido com a performance dos companheiros de palco e da vida poética carioca que nem percebi o que nos disseram amigos de copo, ombro e literatura! O Público nos aplaudiu de pé!!! Já estava orgulhoso de ter o privilégio em intercambiar vinho e luzes mentais com e entre tavernistas e esquineiros. Agora só me resta continuar em estado de graça ainda que o mundo desabe sobre nossas mãos...


POESIA DE ESQUINA & UNIVERSIDADE DAS QUEBRADAS 



Incentivado pelo ator Firmino, Wellington França torna-se mais um membro da Universidade das Quebradas que pertence à Faculdade de Letras da UFRJ.


APOIO INSTITUCIONAL NA REGIÃO

Além dos bares que acolheram o evento nas duas etapas de realização na CDD, TICKO'S BAR e atualmente o BAR E LANCHONETE TOM ZÉ, este movimento literário conta com o apoio de duas instituições: Associação Semente da Vida - ASVI e a CASA DE CULTURA CIDADE DE DEUS. Algumas empresas do comercio local, produtores culturais e artistas.

De agosto à novembro aconteceu sempre nas últimas terças de cada mês. Dezembro de 2013 e janeiro de 2014 fecha para balanço.